O Parque

O Alpha Parque Tecnológico é um empreendimento fruto da parceria entre o Instituto Certi Sapientia, Fundação Certi e Alphaville Urbanismo S.A.

O Alpha Parque Tecnológico está localizado no município de Cidade Ocidental, estado de Goiás, na Cidade Alpha Planalto Central, em área de propriedade da empresa Alphaville Urbanismo, com 667.687,20 m², sendo 419.690,39 m² de área privativa, 219.574,56 m² de área pública destinados para equipamentos urbanos e 28.422,64 m² de área de preservação ambiental. São Setenta e seis lotes com no mínimo 5mil m², e aproximadamente 226 mil m² de área destinada a instalação de universidades. Desde 2018, o parque está credenciado ao Programa Goiano de Parques Tecnológicos – PGTec.
http://www.desenvolvimento.go.gov.br/ciencia-tecnologia-e-inovacao/parques-tecnologicos.html
O Alpha Parque Tecnológico é um empreendimento planejado para ser um ponto de referência para investimentos em tecnologias e oportunizar ao município e região da RIDE DF o desenvolvimento e a diversificação do setor econômico, através de tecnologias e soluções inovadoras relevantes. O Alpha Parque Tecnológico é um ambiente alinhado com a inovação e competitividade empresarial, para integração de empresas, instituições de P&D e Governo. Um objetivo do parque é o desenvolvimento de P&D nas atividades produtivas, com a melhoria da qualidade de vida da sociedade, de forma a contribuir para o desenvolvimento da microrregião do entorno do Distrito Federal (19 municípios), além de Cidade Ocidental e do Estado de Goiás.

O parque conta com infraestrutura urbana e predial moderna associada aos conceitos de confiabilidade, sustentabilidade e qualidade de vida para trabalhar, morar e se divertir.

O Alpha Parque Tecnológico tem seu conceito estruturado como um ambiente de inovação que reúne empresas âncoras, empresas intensivas em conhecimento, startups, instituições de ensino e pesquisa, instituições científicas e tecnológicas, laboratórios, centros de P&D, entidades de classe e de suporte empresarial, entidades de fomento e entidades de governo.

Dessa forma serão desenvolvidos produtos inovadores, insumos estratégicos, produtos, processos e serviços de alto valor agregado, soluções que resultem ganho de produtividade, qualidade e competividade de forma a consolidar, estrategicamente, o ecossistema de inovação local. As áreas tecnológicas prioritárias para atuação do parque são:
Importante ressaltar, que o Alpha Parque já dispõe de áreas edificadas e está em implantação de seu primeiro Centro de Inovação, com inauguração prevista para fevereiro de 2020. O Centro de Inovação, edificação já estruturada conta com cerca de 1.000m² de área construída em sua primeira fase. Com projeto desenvolvido pelo escritório de arquitetura Rocco Associados e com arquitetura premiada internacionalmente.

Já está implantado também uma edificação que abriga empreendimentos de serviços e apoio, como escritório de advocacia e outros. Seu primeiro empreendimento âncora está em projeto e será edificado em mais de 85 mil m² consolidando-se como um importante centro de feiras e exposições, museu de ciência e tecnologia e o maior hub de Open Innovation do Brasil.
https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/institucional/sesi-e-senai-vao-construir-complexo-voltado-a-inovacao-em-brasilia/

Ao redor do Alpha Parque já está em plena operação um projeto urbanístico diferenciado com diversos loteamentos residenciais, comerciais, empresariais e de serviços. É um projeto visionário de vanguarda internacional que incorpora aproximadamente 10 milhões de m².
A gestão do Alpha Parque Tecnológico é de responsabilidade do Instituto Certi Sapientia, pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, sob a forma de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Possui foco de atuação na pesquisa, desenvolvimento científico e tecnológico, através de projetos de grande relevância socioeconômico e ambiental para a sociedade. O Certi Sapientia possui corpo próprio de pesquisadores distribuídos em 3 unidades instaladas em Brasília-DF, Florianópolis-SC e Cidade Ociental-GO. Apoiando o projeto está a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras – CERTI, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, com sede em Florianópolis-SC, com experiência renomada no desenvolvimento de parques tecnológicos. O reconhecimento e notoriedade à excelência das atividades desenvolvidas pela Fundação CERTI é respaldada pelos Prêmios que a instituição obteve, nos seus 35 anos de atuação e que comprovam a inquestionável reputação ético-profissional perante a sociedade e ao setor que atua.

Já a gestão imobiliária cabe a Alphaville Urbanismo, que desenvolveu todo o projeto do urbanístico do empreendimento. A Alphaville Urbanismo reconhecida empresa de soluções imobiliária surgiu de uma visão inovadora e ao longo dos tempos foi se aperfeiçoando através da experiência acumulada nos diversos projetos pelo Brasil e exterior. Atualmente, está presente em 23 estados, além do Distrito Federal.

Para o município de Cidade Ocidental, a implantação deste empreendimento permite um novo processo de desenvolvimento, capaz de viabilizar a geração de empregos qualificados e a implantação de empresas inovadoras e surgimento de empresas goianas de base tecnológica. Assim, o Parque Tecnológico foi concebido para apoiar o município e região no fortalecimento de suas competências, com vistas a impulsionar o surgimento de uma nova matriz econômica de alto valor agregado e em sinergia com as competências e vocações da região.

Potencial Instalado

GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS
*Região do DF

Instituições de Ensino: 73
Cursos: 767
Matriculados: 194.639
Concluintes: 28.289
Ingressantes: 77.007
PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

188 diferentes programas da região:
95 cursos de Mestrado
18 cursos de Mestrado Profissional
75 cursos de Doutorado
  • UNB85%
  • UCB8%
  • UNICEUB2%
  • Outros5%
CEFOR 1
UNIEURO 1
UNICEUB 1
UDF 3
FIOCRUZ 1
ESCS 1
FEPECS 1
IDP 2
IPEA 1
UCB 16
UNB 160
Modalidade Quantidade % do Geral % das Prioritárias
Geral 544 100% -
Outras Áreas 143 26% -
Áreas Tecnológicas 401 74% 100%
Ciências Agrárias 156 29% 39%
Ciências Exatas e da Terra 80 15% 20%
Ciências Biológicas 67 12% 17%
Engenharias 46 8% 11%
Ciências da Saúde 28 5% 7%
TIC 24 4% 6%
Estiveram no Parque e apoiam iniciativas a serem desenvolvidas:
  • Ministério do Desenvolvimento Regional – Rota de Integração Nacional - Cerrado Digital RIDE DF.
  • Presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado - Senador Vanderlan Cardoso.
  • Subsecretário de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás – Marcio Pereira.
  • Presidente da Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado de Goiás – Robson Vieira – FAPEG GOIÁS
  • Presidente da Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal – Alessandro Dantas.
  • Prefeito da Cidade Ocidental – Fabio Correa.
Equipe Técnica do Parque:
  • Daniel Camargo – Arquiteto da Alphaville Empreendimentos.
  • Leandro Carioni – Diretor do Centro de Empreendedorismo e Inovação da Fundação Certi.
  • Luciano Roncalio – Diretor Executivo do Instituto Certi Sapientia.
  • Maria Gorete Hoffmann – Líder de Parques Tecnológicos da Fundação Certi.
  • Cristiane Pereira – Coordenadora Operacional do Parque Tecnológico.
As projeções para 25 anos são:

250

Empresas

16.790

Postos de Trabalho

16.790R$ 1,7 Bi

Por ano em Impostos

Transformação Econômica

Região e Entorno
UM AMBIENTE PARA INOVAR E REALIZAR NEGÓCIOS ESTRATÉGICOS